O causo do pregador “endiabrado”


O pastor evangélico falcatrua desafiava, com um entusiasmo febril, os ouvidos dos transeuntes, em pleno largo Glênio Peres, em frente ao Mercado Público de Porto Alegre.

Naquela manhã de dezembro, já passado do meio-dia, vertia uma verdadeira cachoeira de suor, enquanto se esganiçava na pregação moralista e xaroposa, repisada por citações do velho testamento, em perfeito português “analfabético”. Mas ainda assim, os seus ganidos histéricos se perdiam em meio à monotonia dos ruídos da capital e há quem jure haver muito dedicado fiel, em meio ao pequeno rebanho de algumas dezenas de desgraçados que se acotovelavam no canto do largo, próximo à Praça XV, flagrado em pleno pecado do bocejo, apesar da discurseira estridente.

Vindos pela praça Senador Florêncio, três bêbados anarquistas que haviam acabado de encher os cornos e entupir as tripas na extinta churrascaria L’América, no prédio do Dab Dab, surpreendidos pela cena – bastante banal, mas que lhes pareceu inspiradora e inédita – resolvem “dar uma mão” para o Rui Barbosa bíblico (justamente eles que, além de radicais e gaiatos, tinham em comum a entediante e estressante condição de serem diretores da minoria de um pelego sindicato de servidores do judiciário) e, ao se aproximarem da porta central do Mercado, disparam o grito: “Aleluia, irmão”!

O orador, definitivamente entusiasmado, pega fogo! Alcança decibéis que, segundo os manuais de medicina especializada, com certeza deixariam qualquer puta barraqueira em plena briga de rua com a colega definitivamente muda, e e gesticula numa velocidade tendente a lhe fazer saltar o braço a quilômetros adiante, numa verve de possuído pelo próprio capeta contra o qual violentamente vocifera.

É então, no auge do seu transe histérico, que o trio gaiato, passando quase rente ao aglomerado, mas a uma distância precavida contra qualquer reação menos benévola, dispara uma ducha glacial sobre o vulcão beato, que explode em palavrões desconexos e pouco pios: “Viva Satanás!”

Ubirajara Passos

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s