Tem putaria na Bíblia!


Um belo dia, em meio ao porre de vodka de garrafa plástica, entornada no bico (a Natascha), lasquei a frase título desta crônica para o meu amigo Xupaxota, que, apesar de todos os seus anos de malandragem e todas suas especialidades sexuais alternativas (como urolagmia e coprofagia), me respondeu, apavorado, os olhos esbugalhados e a boca escancarada:

– Bira… tu tá brincando!

Pedi então, com aquele ar sonso e circunspecto, que ele me alcançasse um exemplar do livro sagrado, dentre as centenas de volumes sobre todos os assuntos que possui na biblioteca do escritório de seu apartamento em Porto Alegre, e, feliz da vida, li para meu embasbacado amigo os seguinte trechos:

Despojei-me de minha túnica, e hei de vesti-la novamente? Lavei os meus pés, e hei de tornar a sujá-los?
O meu amado pôs a sua mão pela abertura da porta, / e minhas entranhas estremeceram com o ruído que ele fez” (capítulo 5, versículo 4);

“Quem é esta , que sobe do deserto enebriada  de delícias, /apoiada sobre o seu amado? / Eu te despertei debaixo da macieira; / foi ali que tua mãe te concebeu” (…) (capítulo 8, versículo 5). E, finalmente os excertos mais explícito grávido de volúpia e desejo:

Teu umbigo é uma taça feita ao torno, / que nunca está desprovida de licores” (…) (capítulo 7, versículo 2);

“A tua estatura é semelhante a uma palmeira, / e os teus seios a dois cachos de uvas.
Eu disse: Subirei à palmeira e colherei os seus frutos, / e os teus seios serão como dois cachos de uvas” (…) (capítulo 7, versículos 7-8).

Estes  últimos versos, pelo que desconfio, devem ter sido censurados pelo tradutor e, pelo que se vê nas entrelinhas, deveriam ser assim no original: “A tua estatura é semelhante a uma parreira, / e os teus seios a dois cachos de uvas. / Eu disse: Subirei à parreira e colherei as uvas”.

Estes textos são fragmentos do poema “Cântico dos Cânticos”, escrito por Salomão, o rei hebreu mais sacana e descolado do Velho Testamento, que, segundo as teorias de Erick Von Daniken, passeava de disco voador Ásia a fora e teve a desafaçatez de comer a rainha oriental mais sacana, e meio masculinizada (teria pêlos pelo corpo todo, quem sabe não é uma ascendente remota da Schuvaca Horripilis, a amada do Peruca), que atendia pelo nome de Belquis, ou “Rainha de Sabá”!

Pois Salomão, como bom e ardente árabe (que os judeus não passam de árabes arrogantes, primos que são dos descentes de Ismael, o irmão “bastardo”, segundo o Gênesis, de Isac – todos oriundos da piça de Abraão), produziu este livro de profundo, romântico, sensual  e lírico erotismo, que vale muito mais em termos de filosofia de liberdade, prazer e bem-estar para o ser humano que muitos dos sisudos livros e mandamentos moralistas do Velho e do Novo Testamento.

E, milagre dos milagres, conseguiu com que seu poema sobrevivesse, delicioso e intocável, ao longo dos milênios,  em meio ao misticismo rançoso e aos áridos alfarrábios da tradição mais autoritária, anti-prazer e anti-bem estar da História, que produziu a desgraça moralista e coisificante de homens e mulheres no Ocidente: a ideologia judaico-cristã.

Está provado, portanto, para surpresa e fascinação do meu amigo baiano (e de todos os ateus reichianos que necessitem de alguma justificativa mística para se fazerem crer em meio ao rebanho humano), bem como “para escândalo” dos inimigos do prazer e do bem do corpo e da mente, que há sim, saudável e encantadora, putaria na sisuda Bíblia!

Ubirajara Passos

Anúncios

6 comentários em “Tem putaria na Bíblia!

  1. ismael disse:

    ese cara é maluco, doido e sem tino de vida
    va te catar ó cara

    Curtir

    • Desculpe, companheiro Ismael, se esta crônica ofendeu tua provável convicção evangélica (o que presumo pelo teu nome de origem bíblico-judaica, típico das famílias adeptas desta corrente do cristianismo), mas a pura verdade é que, ao contrário do que tentam nos fazer pensar padres e pastores, os “Cânticos de Salomão” não possuem nenhuma inspiração ou conotação teológica. São pura e feliz celebração lírica do erotismo e do amor. E, como tal, bem mais saudáveis e instrutivos do que todas as perorações dos sacedortes cristãos de todos os matizes sobre o pecado, a tentação do demônio e as penas do inferno. Um ótimo fim de semana para ti, meu amigo, de preferência com menos stress e mais prazer e tolerância.

      Curtir

  2. Bonifácio disse:

    hehehehe…………..

    Dá hora!!!

    Curtir

  3. […] “Da Censura a este Blog e seu Pretenso Caráter Pornográfico”, inspirado no post “Tem putaria na Bíblia”, sobre o Cântico dos Cânticos, publicado no início do último abril, prometi postar neste blog […]

    Curtir

  4. […] “Da Censura a este Blog e seu Pretenso Caráter Pornográfico”, inspirado no post “Tem putaria na Bíblia”, sobre o Cântico dos Cânticos, publicado no início do último abril, prometi postar neste blog […]

    Curtir

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s