José LOURIVAL Bergmann: uma vida a serviço do povo


Para satisfação dos leitores que tiveram sua curiosidade despertada pela crônica publicada no último domingo, segue aí uma rápida resenha da atuação do Lourival como padre e militante social e político, conforme as informações constantes de texto elaborado pelo padre Julio Cesar Werlang, da Congregação dos Missionários da Sagrada Família, publicado em 23 de março de 2009 na página do IFIBE na internet. O texto referido, assim como as fotos desta e da outra crônica, me foi enviado, hoje à noite, pelo irmão de Lourival, o meu amigo Valdir Antônio Bergmann (o Alemão Valdir das histórias deste blog).

O coloninho alemão José Lourival Lourival Bergmann nasceu em 15 de dezembro de 1953, no então município de Cerro Largo, interior do Rio Grande do Sul, filho de José Leopoldo Bergmann e de Elizabeth Bergmann.

Em 23 de fevereiro de 1967 ingressou na Escola Apostólica da Sagrada Família, concluindo o ensino médio em Rio Pardo – RS, em 1973. Entre 1976 e 1977 cursou Filosofia na Universidade de Passo Fundo, fazendo seu noviciado, em 1977, em Catuípe-RS, emitindo seus primeiros votos como sacerdote nesta cidade do Noroeste do Rio Grande do Sul em 12 de fevereiro de 1978,  e cursando, nos anos seguintes, Teologia na Pontifícia Universidade Católica de Porto Alegre, a PUC. É desde esta época, em 1979, que se destaca na militância política como defensor da causa popular, como um ferrenho defensor, então, da Anistia Ampla, Geral e Irrestrita (informação de seu irmão Valdir).

Fez seus votos perpétuos como religioso na cidade de Maravilha, no Estado vizinho de Santa Catarina, sendo ordenado Diácono por Dom José Gomes em 1.º de março de 1981, na Cidade de São Carlos, no mesmo Estado do sul do Brasil. Em 20 de dezembro do mesmo ano foi ordenado Presbítero pelo bispo Dom Estanislau Kreutz (autor de alguns livros sobre as Missões dos Sete Povos e o Martírio de Roque Gonzalez), na minha dileta cidade de Santa Rosa, no noroeste do Rio Grande, onde moram atualmente vários de seus irmãos, inclusive o Alemão Valdir.

Lourival no Jardim

Lourival, além da tradicional formação em Filosofia e Teologia, cursou também Especialização em Psicopedagia, em Viamão, na região metropolitana da Grande Porto Alegre, e em Sociologia, na PUC mineira.

Como noviço e padre católico exerceu as seguintes funções:

auxiliar na formação em Santo Ângelo – RS, de 1979 a 1981;
auxiliar de Mestre de Noviciado e Vigário Paroquial em Caibi – SC em 1982 a 1983;
Vigário da Paróquia São Carlos Borromeu em 1983;
Reitor do Escolasticado São José e professor do Instituto de Filosofia Berthier (IFIBE), em Passo Fundo (norte do Rio Grande do Sul) de 1984 a 1990;
– De 1990 a 1992 esteve liberado pelo Regional Sul III para atuar na Pastoral da Juventude e Pastoral Vocacional;
formador do Juniorado de Teologia na Vila Ditz, e Vigário Paroquial da Paróquia Sagrada Família, em Santo Ângelo (região missioneira gaúcha) entre fevereiro de 1992 e 1995;
Pároco em David Canabarro (região serrana do Rio Grande do Sul) entre 1995 e 1999 e novamente Pároco da Paróquia Sagrada Família em Santo Ângelo de 1999 a 2001;
Ecônomo Provincial (tesoureiro) em Passo Fundo, de 2001 a 2004 (época em que o conheci em Porto Alegre),  nos Missionários da Sagrada Família e no Instituto da Sagrada Família – ISAFA (entidade mantenedora do IFIBE) e, finalmente
Pároco da Paróquia São José Operário, no Rio de Janeiro, de 2004 a 2009 (época em que estivemos juntos em Misiones, norte da Argentina, numa viagem de dois dias, no verão de 2006).

O padre Lourival foi um destacado militante religioso, social e político, ligado à causa popular e de esquerda, atuando, quando de sua presença em Passo Fundo (onde foi fundador, diretor e professor do IFIBE, lecionando nele as disciplinas de História da Filosofia Moderna e Introdução à Sociologia – 1982 a 1997), na formação de Missionários da Sagrada Família e na organização da Pastoral da Terra e Pastoral da Juventude. Foi, igualmente, um dos fundadores do Centro de Educação e Assessoramento Popular (CEAP), atuante na educação popular, há mais de vinte anos, no sul do Brasil.

Lourival junto ao Pão de Açúcar

Conforme as palavras do padre Julio Werlang, na página que serviu de base a esta crônica, “Toda esta trajetória deixa conosco um testemunho gratuito de uma vida missionária marcada pelo amor a vida, o compromisso social, uma convivência fraterna, acolhedora, agradável e alegre e uma disposição de contribuir com o avanço da Província e da Igreja na perspectiva dos pequenos, pobres e os que estão longe conforme o legado do Fundador.”

Lourival morreu dia 16 de março de 2009, às 13h 18 min, no Hospital Quinta D’or, no Rio de Janeiro. No último domingo de páscoa, 12 de abril de 2009, foi celebrada missa pela passagem do 30.º dia de seu falecimento, na localidade rural de Lajeado Bonito, no interior de Porto Lucena – RS, onde Lourival e seus irmãos passaram a infância.

Ubirajara Passos

Anúncios

2 comentários em “José LOURIVAL Bergmann: uma vida a serviço do povo

  1. Hi, nice post. I have been wondering about this issue,so thanks for blogging. I’ll certainly be subscribing to your posts. Keep up great writing

    Curtir

  2. xupaxota disse:

    Companheiro! Fazia tempos que não entrava no teu site (e nem no meu) e, para tristeza minha, deparo-me com essa notícia. Falei ainda outro dia com o Valdir mas não lembro de ele ter me dito isso. Desde 24 de março, quando fiz 50 anos, a minha memória está péssima.

    Na semana passada, depois de muito tempo vivendo como abstêmio, resolvi tomar uma. E qual o melhor lugar para se tomar uma, estando em Salvador, que não na Tia Cleuza? Companheiro… Coisa de doido. Relembrei os velhos tempos e dizia pra ela: “- Bira tinha de estar aqui!”

    Tentei te ligar, mas talvez o teu celular tenha mudado, não sei.

    Companheiro, sinto muitas saudades e mando um forte abraço para ti.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s