PENUMBRA APENAS


Aí vai, para ajudar algum leitor entendiado a adormecer de aborrecimento, um triste produto da minha insônia, recém-parido:

Penumbra apenas

Três horas da madrugada.
Na rua os gritos pingunços
Sobressaltam a modorra
Dos ruídos uniformes
Dos carros na avenida.

A noite enjoada dormita
Sonhando as últimas horas
Dos butecos e bailões,
Transformando a euforia,
A dança de corpos, copos,
Na náusea das nebulosas.

Lua e estrelas bocejam,
Algumas até tropeçam
No canto desafinado,
No grito desatinado
Dos boêmios cambaleantes.

E eu, mais sem rumo que eles,
Mais entendiado que a lua,
“Lúcido” e ínsone, sem graça,
Ouço a noite e seus silêncios
Salpicados dos ruídos
Anônimos e tediosos.

Aborrecido, sou a noite,
Dos cães sou débeis ganidos,
Sou bêbados, sou motores
De carros, sou a penumbra
De uma madrugada eterna,
Repleta do sem-sentido
E falta de escuro ou luz.

Sou um eterno devir
Que jamais se faz presente
E carece de passado.

Gravataí, 20 de janeiro de 2008

Ubirajara Passos

Anúncios

Um comentário em “PENUMBRA APENAS

  1. gerson disse:

    Ao ler seu poema “penumbra apenas” dei-me conta que o amigo talvez participou do concurso de poesias é claro com pseudônimo, realizado pala gloriosa SOGIL, pois estando em férias teve tempo de faze-lo. Fico a imaginar minha surpresa ao embargar no coletivo ora pela porta da frente ou ora pela porta dos fundos, pois ainda não cosiguiram definir qual o melhor processo para o embarque, pois trata-se de uma empresa com gens portugueses, mas voltando ao assunto: possa eu deparar com um poema ou soneto de sua autoria. Categoria para isto o amigo tem. Despeço-me com um abraço de urso.gerson

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s