XOXOTA ELÉTRICA OU BUCETA LUMINOSA?


Alguém pode achar que, com o título deste post, estou exagerando de vez e, na falta completa de criatividade, pretendo aumentar na marra as estatísticas do blog.

Confesso que a minha vaidade ergueu-se e cresceu até quase tocar o céu quando as visitas ao Bira e as Safadezas… chegaram próximo de setecentas ao dia, justamente com a publicação da Buceta Transgênica, e experimentei inéditos e impossíveis orgasmos múltiplos… emocionais. O que, para qualquer escrevinhador metido a intelectual é fantástico, muito embora não traga nenhuma vantagem financeira (que é a motivação de 90% da humanidade para fazer qualquer coisa, qualquer dia nego vai estar cobrando até pra espirrar) nem sexual (mais do meu agrado, mas, como boa parte das mulheres são umas puritanas em termos de linguagem, por mais devassas que possam ser na hora da trepada, tudo que consegui foi apavorar as dondocas pequeno-burguesas que eventualmente se aventuraram neste site),

É bem verdade, também, que a combinação de DDA (em fase de exaustão mental) e depressão não favorecem nem um pouco a originalidade e, não tendo ânimo para enfrentar questões mais complexas, acabo por pegar o primeiro mote engraçado que por acaso descubro navegando na internet ou lendo.

Mas o fato é que aparece, já há muitos dias, nas estatísticas dos termos de busca que as criaturas digitam nos googles da vida, acabando por acessar este blog, a expressão “lâmpada buceta”. O que, evidentemente, me atiçou a curiosidade a ponto dela por-se a uivar babando para a lua (a esta altua o leitor deve estar imaginando se apelidei meu pau de “vaidade” e possuo alguma cadela chamada “curiosidade, mas não se preocupe: são apenas metáforas ridículas para botar algum molho nesta insonsa crônica).

Vejam bem: qual será a relação entre lâmpada e buceta? De cara imaginei uma checheca carregada de eletricidade, soltando faíscas de tanto tesão, numa amperagem capaz de derreter o caralho do coitado que vier a penetrá-la, a ponto de ser capaz de acender uma lâmpada, devidamente acoplada. O que não seria tão original depois que já se viu muita “buceta fumando” (que é, aliás, outra frase freqüente nas estatísticas de visitação ao blog).

Mas a coisa pode ser mais filosófica e profunda, além de menos avançada tecnologicamente. Pode ser que o “gajo” que digitou o termo estivesse apenas em busca da buceta esotérica, capaz de levá-lo à verdadeira luz transcendental da vida e o do universo, pela simples contemplação ou pelo transe tântrico heterodoxo (que terminaria num gozo cósmico após umas quarenta e oito horas de foda).

É claro que também há as hipóteses mais banais e pouco criativas. Como um ginecologista a busca de alguma lanterninha com câmera para espionar o interior da perereca ou um pobre e modorrento devasso punheteiro querendo assitir um vídeo-clipe em que a gostosa leva um choque de prazer ao esfregar a xana numa enorme lâmpada fluorescente.

Seja como for (para encerrar este texto, que já está me cansando), resta a conclusão mais óbvia e piegas, mas, talvez menos lembrada. Não é exatamente o hippie essênio pré-anarquista de nome Jesus Cristo (ainda que ele o tenha afirmado) a “luz da vida”, mas a humilde e cálida buceta! Através dela penetramos ainda como uma de nossas partes formadoras (o corredor cocainado que atende por espermatozóide e só desiste da maratona após encontrar, e se fundir, com o óvulo) e (salvo hipótese de cesariana) é através dela que saímos do paraíso uterino para a vida, e é nesta ocasião que quase todo mundo vê a luz no fim do túnel.

Ubirajara Passos

Anúncios

10 comentários em “XOXOTA ELÉTRICA OU BUCETA LUMINOSA?

  1. xupaxota disse:

    caro companheiro, essa foi foda! “lâmpada buceta”? Fiquei curioso e entrei no google para procurar a tal da xota iluminada. não é que aparece em primeiro lugar da lista – lugar mais cobiçado por qualquer webmaster -, o Bira e as Safadezas? no post que mostra a bizarra busca, “lâmpada” não traz nenhuma relação com “buceta” e o que faz a coisa ser realmente curiosa é o fato de alguém procurar uma “lâmpada buceta”.

    mas, companheiro, nenhuma das tuas explicações satisfaz o por quê da busca pelo termo. para os não-satiseitos, tenho aqui uma lúcida explicação. certa feita, estava eu a explorar a caverna do dragão de uma puta, que a tinha em dimensões avantajadas, quando, diate da escuridão interna, tive de voltar à porta da buçanha e pensar como iria iluminar aquela alcova. é verdade, nesse caso não era a puta que ficava na alcova, mas a alcova que ficava na puta. a solução veio rápida e simples: o grelo dela tinha dupla função, era também interruptor elétrico. pressionei-o e as luzes irromperam caverna adentro, iluminando cada canto, antes obscuro, daquela enormidade. pude então adentrar a dita buçanhona para continuar a minha exploração. como encontrei eu mesmo a solução, não precisei apelar ao google para buscar uma.

    Curtir

  2. […] XOXOTA ELÉTRICA OU BUCETA LUMINOSA? novembro, 2007 1 comentário […]

    Curtir

  3. Wah disse:

    Eu tambem acho

    Curtir

  4. R.nim disse:

    Sera fica piscando ?

    Curtir

  5. Nim disse:

    Adoro !!

    Curtir

  6. Van disse:

    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    Curtir

  7. Dai disse:

    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    Curtir

  8. Da disse:

    Quero tb!!

    Curtir

  9. Waka disse:

    hahahahahahahaha!!

    Curtir

  10. RPG disse:

    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    Curtir

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s