LULA FOGE DAS VAIAS COM O RABO ENTRE AS PERNAS!


Até parece sonho, mas no Brasil ainda há esperança. Nem mesmo a constrangida megalomania demagógica do prefeito carioca e do governador do Estado do Rio de Janeiro (batendo palmas como um par de retardados furiosos) foi capaz de salvar o Inácio das vaias populares e de impedi-lo de sair correndo, às escondidas, do Maracanã, rumo à Brasília, fazendo ar de surdo para a mídia!

O fato é que o descontentamento (e a suprema arma contra o fascismo empolado, o deboche) do povo presente à cerimônia de abertura dos Jogos Pan-Americanos foi capaz não só de romper o protocolo oficial e tradicional do evento (que sempre é declarado aberto, em cada em país em que os jogos realizam-se, pelo chefe de Estado local), mas de mandar ao diabo que o carregue a teimosia histriônica do fanfarrão Inácio – que, mesmo vaiado pelos milhares de brasileiros presentes, insistiu em pegar o microfone e só não sofreu a suprema “humilhação” de ser “ovacionado” na barba grisalha pela gema da “mulher do galo”, porque salvo a tempo pelos zelosos puxa-sacos do protocolo, que recorreram ao chefe do comitê organizador do “Pan”, fazendo-o abrir o evento.

Oito meses após sua reeleição, parece que o tiranete Lula começa, definitivamente, a sofrer o rechaçamento de uma população que não suporta mais tomar no cu e engolir a perspectiva, a cada dia, de perder os últimos instrumentos de amenização de sua miséria e brutalização que a lei trabalhista e previdenciária, porca e miseravelmente, lhe garante!

Enquanto a oposição, o desmascaramento, e a intenção de limpar o Brasil da versão medíocre e popularesca da ditadura gorila de 1964 (o governo do Lulinha) se restringia às altas cúpulas partidárias oportunistas, aos intelectualóides da mídia ou à meia dúzia de revolucionários extraviados, como eu, não havia dúvida. Nem os oceanos de corrupção de seus apaniguados, ou a contradição de um PT que chegou ao poder na onda do moralismo mais cretino possível, e se revelou o maior refinamento da sacanagem política da era pós-ditadura militar, seriam capazes de abalar o poderio do Inácio. Tanto que se reelegeu!

Mas, no momento em que os gaiatos perdem o temor e correm o “grande chefe” às vaias, podemos concluir que ainda há uma saída. Quando as gargantas, entaladas até o gogó de revolta e violentação diária, extravasam o seu grito de protesto, na forma, propositalmente, mais envergonhante e forte (a vaia) é porque a dor de ver frustrado o mínimo de condições de vida acima do totó que fuça lixo e vira mundo, a contrariedade em se sentir mero gado a mourejar sem dó em nome da abastança dos senhores burgueses e seus aliados demagogos de palhaçada (Dom Luís Inácio e sua corte) tomou corpo consciente e se converteu em gesto de inconformidade! Não contra as glórias pátrias e o orgulho substitutivo (que faz das conquistas dos campeões do esporte o lenitivo para a vida sem graça do brasileiro comum), mas contra os que, solapando na base (nas próprias condições mínimas de sobrevivência – comida, moradia, emprego, transporte, educação e dignidade de gente) a vida quotidiana de 90% dos brasileiros, tentam brilhar sobre o espetáculo esportivo que ainda constitui a última referência de identificação válida do nosso povo!

Lula e sua corte de palhaços corruptos de todos os matizes (que, como convém a todo sistema fascista, engloba dos “socialistas de pantomima” aos furiosos beatos mensaleiros e puros putanheiros utilizadores de moleques de recado de empreteiras) podem até não ser apeados do poder e continuar a nos impingir a cada dia o seu chicote, mas o caminho para a sua derrubada está iniciado e uiva agudo e forte no país a fora. Viva a vaia popular!

 

Ubirajara Passos

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s