ENTRANHAS DO SER


Por falar em cachaça, nada melhor que um poema escrito na “República do Valdir”, já meio bêbado, numa modorrenta tarde de domingo, enquanto o alemão “Ale” viajava na internet e o alemão “Valdir” assistia a qualquer programa na TV a cabo. Como convêm a um bebum entediado o poema celebra os instintos mais primitivos, mais profundos do insconciente humano a que o goró dá acesso.

ENTRANHAS DO SER

Não do poço dos velhos mitos gregos,
Mas no fundo de um copo
Está a verdade!

Só o mergulho
Alcoólico, algo demoníaco,
Pode trazer-nos o remoto sentimento

Do caçador brutal,
Que, ao mesmo tempo,
É caça das feras temerárias.

Do ser que a pura adrenalina
Era a própria identidade
E não podia

Dar-se ao luxo da mente vadia
E pesar alternativas abstratas,
Nem criar falsas coragens,
Em que o medo

Jamais seria motivo de impotência
Ante a emergência da extinção irreversível,
Mas, da luta o próprio, e impensado, combustível:

Irmão da fúria e comparsa
Do instinto destruidor e agressivo,
No jogo visceral em que não havia prêmio,
Mas a sobrevivência era a única vantagem.

Porto Alegre, 4 de maio de 2003

Ubirajara Passos

Anúncios

2 comentários em “ENTRANHAS DO SER

  1. […] de que é neles que se encontra a derradeira e profunda verdade, contrariam o que já afirmei em poema neste blog publicado, pois, no caso específico, esta se encontra na lateral e não no fundo do […]

    Curtir

  2. Will disse:

    It’s aappropriate timke tto make some plans ffor tthe future
    andd it’s tine too bbe happy. I have read this
    poet andd iif I culd I wantt to suggest yoou somke interesing thigs oor tips.
    Magbe yyou could wwrite nect articcles referrring
    too this article. I wat too ead evn more tthings aout it!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s