O DESEJO EM DOIS POEMAS


Os poemas seguintes possuem entre si a distância de dez anos, mas expressam fielmente a minha ingenuidade de romântico apaixonado vida a fora, e, apesar de despretensiosos e pouco originais, são feitos da própria paixão sensual e estética que me movem.

ÊXTASE

Amiga minha, terna,
Sensual, bela, fascinante,
Escultura sublime e estonteante
Torneada pelos deuses,
Na volúpia lancinante
Mergulhemos, cúmplices, envoltos
No ardor recíproco, delirante,
Denso da paixão.

Sejamos um do outro
A causa do êxtase profundo,
Doce padecer,
Gozar asfixiante,
Eufórico transe,
Do paraíso e do inferno síntese.

Gravataí, 28 de julho de 1993

Ubirajara Passos

*******************************************************

TEU OLHAR

Olhos belos, misteriosos,
Olhos brilhantes, inquietos,
Que emolduram teu semblante,
Envolto em fogo teu olhar,
Em um fulgor fascinante

Gravataí, 9 de fevereiro de 1983

Ubirajara Passos

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s