A CONSCIÊNCIA HUMANA ANTE A MORTE


Para encerrar a trilogia da “metafísica” materialista, aí vai o último dos três textos escritos em janeiro de 2005:

A Consciência Humana ante a Morte

Diante do absurdo da morte há quatro posicionamentos empíricos que a humanidade tem tomado quanto à vida.

O do desespero, que se traduz na preocupação constante com a finitude e que acaba por criar em vida um inferno de lamentos e ansiedades bem pior que a própria morte, ou ao menos seu equivalente. Contraditoriamente, os mais desesperados ante a futilidade da vida e a fatalidade de seu fim desejarão matar-se de uma vez para extinguir o sofrimento.

O dos que sabendo-se inexoravelmente mortais se agarram a cada instante, procurando vivê-lo o mais intensa e prazerosamente possível, embora saibam que, mesmo que vivam mil anos, um dia serão pó. Estes são os desesperados hedonistas.

O dos indiferentes, que vivem a existência como se fossem eternos, não se preocupando ansiosamente em “gozar” cada segundo como se fosse o último, nem se dilacerando diante da possibilidade de o próximo momento ser o derradeiro. Estes simplesmente seguem o ritmo da vida e reagem aos acontecimentos na medida em que se apresentam. Mas temem, também, a morte. Apenas fingem dela não tomar conhecimento.

E, finalmente, há os irresignados, que tentam por todos os meios escapar à morte, seja desejando prolongar o número de seus anos, seja crendo na sobrevivência da alma, na sua reencarnação em novo corpo ou na ressurreição final do ser. De todos, os três últimos são os piores, pois, via de regra, estragam a vida na privação e no auto-flagelo, passando tormentos maiores que os desesperados, na esperança de uma existência futura que ninguém conhece e na crença de uma separação de corpo e mente, que é apenas reflexo do desejo de infinitude da consciência ilimitada.

Gravataí, 10 de janeiro de 2005

Ubirajara Passos

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s