MUSA


Segundo Carl Jung todo homem possui em sua mente uma “mulher” interior, que encarna os valores da sensibilidade e da subjetividade, e que é uma ponte entre a consciência e o reino da fantasia e dos arquétipos (personagens interiores constituídos de padrões universais de energias emocionais e padrões de comportamento específicos comuns ao imaginário inconsciente de toda humanidade).

Embora tenha lido o primeiro livro junguiano (“We – a chave do entendimento do amor romântico”, de Robert A. Jonhson) em 1993, ao escrever o poema seguinte não me dei por conta, na época, do quanto ele retrata esta “personagem interior”, a Anima. Agora que já torrei a paciência dos leitores com a minha explanação psicológica “caipira”, vamos ao poema:

MUSA

Na invernal noite, de séculos de idade,
Perdida vive minha fantasia:
Um vento gélido na praça iluminada
E, esvoaçando às inquietas rajadas,
A capa vermelha de uma adolescente.

Bela, intrigante é sua face clara,
Por negras madeixas adornada,
E, cintilando mais que a claridade
Das lâmpadas de forma globular,
Uma sensibilidade embriagante
Escapa de seus olhos e ofusca
Todo o arvoredo sob um mar de esmeralda.

Todo seu vulto, me meio à pétrea praça,
Respira um ar terno de fragilidade
E, simultaneamente, nos transmite
A determinação inquebrantável
De um ser que é pura rebeldia e liberdade.

Na maciez rubra de seus lábios cálidos,
Emoldurando-lhe o níveo sorriso,
Vibra o ímpeto mal-contido de paixões,
Fundido à leve e delicada poesia.

Esta musa estelar de pura ficção
É toda a obessão de minha alma.
Nela, o próprio pensamento apaixonado,
Está a fonte que há de saciar
De sua vã e eterna busca o meu espírito:
A poesia da interioridade.

Gravataí, 9 de abril de 1995

Ubirajara Passos

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s